24.11.07

Mafalda Cabral, Licenciada em História Moderna e Contemporânea, Phoenix, Arizona - USA

Ainda sou muito nova mas já senti a necessidade (e por isso é que aqui estou) de procurar algo mais fora do nosso país. Tenho 22 anos e uma licenciatura acabada em Junho de 2006 em História Moderna e Contemporânea que me foi imposta devido ao malfadado processo de Bolonha (fiz 3 anos de um curso inicialmente de 4, sem nenhumas aulas de compensação ou substituição, fosse o que fosse. No final do ano, fizeram a correspondência de todas as nossas cadeiras para as novas e "despacharam-nos"). Ainda tentei fazer 6 meses de Erasmus em Milão durante o curso, mas acabei por desistir por ser muito dispendioso.
Durante um ano procurei estágio, trabalho, bolsas de investigação e não consegui nada. Até tentei um mestrado (o 2º ciclo), mas como tentei noutra universidade que não a minha, não consegui porque toda a gente ficava à minha frente (mais "estudos", mais experiência
profissional...). Não podia ficar outro ano sem fazer nada e trabalhar numa loja/restaurante/call center não me seduzia mesmo nada e mesmo tendo na ideia tirar outro curso entretanto, não sabia bem o que queria.
Então surgiu a ideia de fazer um programa que já conhecia desde o secundário. Decidi ser Au Pair por um ano nos Estados Unidos. Este ainda não é um programa muito conhecido em Portugal, só há uma agência que o faz, juntamente com aqueles programas para estudar fora num verão ou durante um ano no secundário (que pouca gente também conhece). E aqui estou há já dois meses.
E imagino que agora estejam a pergunta o que é ser Au Pair! Au Pairs são basicamente babysitters a tempo inteiro. Até pode parecer aborrecido, especialmente para quem não gosta de crianças, mas há muito mais neste programa. Nós vimos para aqui para ser mais um membro da família, vivemos na casa da família, temos tecto, comida e todas as comodidades (tudo pago) e quase todas nós temos carro para uso próprio. E também nos é dada a oportunidade de estudar aqui na universidade. Ok, o programa obriga-nos a fazer 6 créditos (o que equivale a 2 cadeiras quase sempre), mas convenhamos, quem é que não aproveita a oportunidade de estudar numa universidade estrangeira, mesmo que sejam só duas cadeiras, com tudo pago? É que a família também paga essa parte!
Nem tudo são rosas, como é óbvio! Os costumes são diferentes (oh, tão diferentes, especialmente no que toca à educação das crianças...), o modo e o ritmo de vida é diferente, por vezes a relação com a família pode não ser a melhor, há muitas saudades de casa (durante um ano não podemos ir ao nosso país) mas compensa. Todas as outras Au Pairs com quem falei dizem que vale a pena, que por muito que custe é uma oportunidade a não perder e que por mais que se queira voltar a casa, também há uma grande vontade de ficar.
Ainda não fiz nem metade do meu programa e já estou a pensar voltar a Portugal (não sem antes fazer tudo o que tenho a fazer aqui!), não só por voltar, mas para ver que outra oportunidade do género posso aproveitar. Acho que a minha experiência fora do país ainda não acaba aqui, ou em Setembro de 2008 quando acabar o meu programa. Embora ache que nunca vou fazer uma vida de "emigrante", ou seja, escolher um país, ir para lá morar e criar uma família etc etc, acho mesmo que ainda vou viver pelo menos mais um ano fora, não sei onde nem a fazer o quê, mas está nos meus planos definitivamente.

4 comments:

Anonymous said...

quem a pode criticar, Mafalda?

é a vida, é a necessidade, e já na estória muitos escravos se sujeitaram assim tanto e outros ainda mais...

morbi

Diogo em Macau said...

Cara Mafalda, esse programa é óptimo e deve-o aproveitar até ao fim. Se conseguir ficar aí a fazer o Mestrado, não hesite.
Portugal é óptimo mas ainda lá vai estar dentro de 3 anos...
Boa sorte!

Joana said...

Olá Mafalda!
Quero ser au pair. Gostava que me desses umas indicações. Podemos falar por email? O meu mail e joanacleto@sapo.pt.
Obrigada,
Joana

Anonymous said...

Boas =)


Adorei este post...seria uma optima maneira de começar a minha vida de não estudante....

Mafalda já pedi uma ajudinha á Joana mas se me pudesses dar umas dicas agradecia-te imenso...
marci_franco87@hotmail.com

OBG =)
Márcia Araújo