20.1.08

Carla Rodrigues, Licenciada em Línguas e Literaturas modernas, variante de estudos Ingleses e Alemães. Luanda
A minha experiência é em tudo semelhante à de tantos outros! Ao ler os outros textos, talvez a única diferença seja mesmo a localização geográfica. Estou a trabalhar em Angola. Sim, eu sei, a maioria deve estar a pensar que sou louca por ter trocado o "paraíso à beira-mar plantado" para ir para um país do continente africano, do "terceiro mundo". Mas meus amigos, posso-vos dizer que foi a melhor decisão da minha vida. E porquê? Ao olhar para trás penso numa Licenciatura em Línguas e Literaturas modernas, em 8 anos de ensino (sempre em condições precárias, colocações incertas, horários incompletos, "biscates" aqui e ali para poder pagar as contas ao fim do mês e tentar viver "aceitavelmente", ou melhor, fazer de conta que tinha uma vida "normal"). Penso numa experiência de Erasmus na Alemanha (penso que é aqui que tudo começa,o bichinho começa a crescer), e penso nas inúmeras formações que fiz no estrangeiro (sempre com o recurso a bolsas proporcionadas pela União Europeia). Nunca acreditei que me fosse acomodar, resignar a uma vivência "normal" e aceitar as situações que se vivem no nosso país como "normais". Não me levem a mal, por favor. Adoro o meu país e só descobri isso verdadeiramente quando saí do meu país, nao de férias, não temporariamente, mas para viver noutro país. Mas também sei que o MEU PAÍS não me ofereçe, (não quer?, não pode?) aquilo que é "normal". Um emprego, condições de vida aceitáveis para quem tem uma Licenciatura mas tem ,apenas isso, uma Licenciatura.
Depois de muito refectir com o meu marido (que também ele foi contagiado com o bichinho das viagens e do espaço além-fronteiras desde muito cedo) decidimos ir trabalhar para Angola. Aqui tenho UM TRABALHO, que consegui por mérito próprio. Certamente não será uma situação para o resto da vida. mas o que interessa é o momento e a coragem de mudar, de não nos resignarmos e de procurarmos a felicidade, onde quer que ela esteja!

2 comments:

Anonymous said...

Exemplo de coragem!!
Tambem eu tenho vontade de sair de Portugal, neste momento já pesquisei várias formações que me possam atribuir bolsa, podes dizer-me onde encontraste as formações "(sempre com o recurso a bolsas proporcionadas pela União Europeia)"?

Obrigada

liliana said...

gostava muito de sair d Portugal, o problema é que torna-se dificil saber como, pois sou licenciada em Língua e Cultura portuguesas e c mestrado na area da cultura, em estudos artisticos e literarios e especializadaem português para estrangeiros.

será que também me poderias dar umas luzes?

mt obrgd